Gestão de dossiês de insumos farmacêuticos ativos

 

O acesso a informações essenciais para o gerenciamento de dossiês de insumos farmacêuticos ativos (IFAs) está mais fácil para quem trabalha na área de registro de produtos. Isso porque a Anvisa, por meio da Gerência Geral de Conhecimento, Inovação e Pesquisa (GGCIP), desenvolveu uma série de painéis que permitem a avaliação sobre diversos dados e documentos, de forma ágil, fácil e segura.

Os painéis fornecem subsídios e dão apoio ao processo de tomada de decisão dos gestores, com identificação de clones, distribuição de petições, acompanhamento do andamento das análises e dos registros pendentes de renovação, além de uma visão histórica da avaliação dos pedidos.

A solução de Bussiness Intelligence (inteligência de negócios) foi desenvolvida pela GGCIP e é destinada ao uso dos servidores da Coordenação de Registro de Insumos Farmacêuticos Ativos (Coifa), que integra a Gerência Geral de Medicamentos (GGMED). O caráter de ferramenta de gestão interna de processos atribuído aos painéis justifica o seu acesso restrito aos servidores da Coordenação.

Com essa inovação, espera-se a qualificação e a aceleração do processo de tomada de decisão sobre os dossiês de registro e renovação de IFAs, pois diversas atividades que antes eram realizadas de modo manual, ou até mesmo não eram realizadas, passarão a ser executadas de forma rápida e segura. 

Vantagens

De acordo com a GGCIP, uma das principais contribuições desses painéis foi a identificação automatizada de candidatas a petições clone – solicitações relacionadas ao mesmo IFA, com mesmo fabricante, mesmo endereço, entre outras semelhanças.

Como as empresas podem protocolar petições relativas a produtos parecidos, a identificação desses clones dará mais agilidade ao processo de análise, uma vez que já haverá uma base de informações sobre determinado item.

Outras soluções em desenvolvimento

A criação desses painéis foi desenvolvida a partir de uma demanda apresentada pela área de Registro de Insumos Farmacêuticos Ativos, em resposta ao Edital de Chamamento Interno 06-2017 da Anvisa. Para desenvolver a solução tecnológica, a GGCIP realizou o tratamento da base de dados de IFAs e, posteriormente, confeccionou os painéis.

Além dessa, as seguintes demandas recebidas por meio do chamamento interno estão sendo desenvolvidas:

  • ciclo de vida de petições (acompanhamento de todas as etapas de análise de processos, incluindo a possibilidade de aferição da produtividade das áreas);
  • aferição da produtividade (GGMED);
  • aferição da produtividade (Gerência Geral de Alimentos – GGALI);
  • aferição da produtividade (Gerência Geral de Tecnologia de Produtos para Saúde (GGTPS);
  • aferição da produtividade dos servidores das demais áreas de registro;
  • painéis analíticos para o Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados (SNGPC);
  • painéis analíticos para os sistemas Notivisa e VigiMed;
  • painéis analíticos para o Sistema Eletrônico de Informações (SEI);
  • gestão de processos eletrônicos de importação (Portos, Aeroportos, Fronteiras e Recintos Alfandegados – PAF);
  • integração de dados dos sistemas Sagarana, Porto sem Papel e Datavisa (PAF);
  • aferição da produtividade (Gerência Geral de Inspeção e Fiscalização Sanitária – GGFIS);
  • matriz de risco de IFAs;
  • matriz de risco de inspeções sanitárias;
  • gerenciamento do processo de contratação pública;
  • seleção de inspetores conforme perfil, demanda e disponibilidade; e
  • painéis analíticos sobre participações em consultas públicas.

Além desses projetos, a GGCIP publicará, até 2020, mais de 15 bases de dados abertos nos portais do governo federal (dados.gov.br) e da Anvisa (dados.anvisa.gov.br).

Conheça também os painéis de acesso público. As informações estão disponíveis no Portal Analítico da Anvisa.

Fonte: http://portal.anvisa.gov.br

Latini Group

 

Redes sociais